Recommended if You Like
Chick Corea Gonzalo Rubalcaba Herbie Hancock

Genres You Will Love
Moods: Solo Instrumental Brazilian: Bossa Nova Brazilian: MPB Jazz: World Fusion Jazz: Afro-Cuban Jazz

By Location
Brazil

Links
Submarino Studios Facebook Kromosons Brazil

André Magalhães

Nascido em 25 de julho de 1980, André despertou o interesse pela música aos 7 anos por intermédio de seu pai, amante da música erudita. Entre os 8 a 10 anos começou a tocar teclado em pequenas festas familiares e bandas formada por amigos.

Nos anos 90 ainda com 10 anos, teve contato com seu primeiro computador (Comodore – Amiga 2000 – Um dos primeiros sistemas a integrar MIDI e Audio), foi quando começou o seu interesse por computer music.

Entre os 12 a 17 anos o músico começou a desenvolver uma paixão pelo JAZZ e associado a isto, despertou o interesse pelo Piano acústico. Ainda nesta época André também tocou com muitas bandas, tanto no estilo ao qual mais se identificava, como em trabalhos mais comerciais. Também, trabalhou nos principais estúdios de Salvador como técnico de som, arranjador e progamador.

Em 1998 foi convidado pelo baterista Ivan Huol para participar como integrante da banda base do Projeto JAZZ MAN (JAM realizada no Solar do Unhão), onde teve o prazer de tocar com grandes músicos da Bahia e do mundo, tais como: Yaniel Santiago e Pepe Rodrigues (Pianistas Cubanos), Itiberê Zwarg (Baixista de Hermeto Pascoal), Toninho Horta, Elza Soares, Carlos Malta, Pascol Meireles, Hermeto Pascoal, Ney Conceição entre outros.

Entre 1999 e 2002, fatos importantes aconteceram na carreira do músico: Gravou o disco da cantora Mariela Santiago, que teve a participação especial de Hermeto Pascoal. Tocou com o guitarrista e compositor Toninho Horta, o saxofonista americano Jeff Decker, foi convidado por Ivan Bastos para fazer uma participação especial no Grupo Garagem no festival de música instrumental da Bahia, tocou no show solo do guitarrista Jurandir Santana e ingressou na faculdade de música da Bahia, onde teve a oportunidade de estudar com o pianista Paulo Gondim. Participou ainda na fundação e formação de um dos importantes grupos da nova geração da música instrumental baiana – JAZZ Lacrimogênio.

Em 2003, tocou e dirigiu o trabalho de palco da 1º fase da carreira solo da cantora Carla Cristina e produziu musicalmente os discos solos dos cantores Gilton Della Cela e Kleber Moreno.

Entre 2004 e 2005 gravou e dirigiu junto à Marcio Freire (Baixo), o DVD da cantora Carla Cristina e 4 faixas do seu novo disco. Na companhia de Italo Tale (Sax), Marcus Sampaio (Baixo) e George Barbosa (Bateria), fundou o grupo Tétrono que participou de diversos eventos importantes, dentre eles o Festival de Música Instrumental da Bahia.

Em 2009, integrou a banda do cantor e compositor Carlinhos Brown, participou como terceiro integrante do Grupo Imã, formado por: Ivan Huol (Bateria), Marcus Sampaio (Baixo), foi indicado para o troféu Caymmi como melhor instrumentista. Em 2013, foi chamado por Carlinhos Brown para fazer parte da produção da trilha do filme de animação Rio 2, da Fox Filmes junto com Sergio Mendes e Jonh Powell do Blue Sky Studios em Hollywood. Ainda em 2014, viajou para os estados unidos, dessa vez para New York afim de acompanhar uma masterização do disco do artista Deco Góes, no Sterling Sound, onde tocou também no Brazilian Day com Carlinhos Brown. No mesmo ano, foi chamado pelo Produtor Alê Cequeira para programar as cordas das músicas ”Luz Acesa e Combustível” da Cantora Ana Carolina, que contou com o arranjo de Lincoln Olivetti em uma das faixas, além do projeto África Visita África, que junto com Marcelus Leone e Mikael Mutti, integra a equipe dos 3 Midimans contratados para o albúm, que conta com arranjos de Leandro Braga, André Mehmari e outros. Também produzindo o seu primeiro disco solo, participa do novo projeto Jam no Mam e concluiu na Berklee School of music o curso de arranjo – Master Certificate.