Detonator | Metal Folclore: The Zoeira Never Ends

Go To Artist Page

Recommended if You Like
Iron Maiden Massacration Steel Panther

More Artists From
Brazil

Other Genres You Will Love
Metal/Punk: Heavy Metal Metal/Punk: Progressive Metal Moods: Mood: Funny
There are no items in your wishlist.

Metal Folclore: The Zoeira Never Ends

by Detonator

Junte-se ao Filhinho do Deus Metal e as suas musas na missão de transformar o Brasil na nova terra do Deus Metal juntamente com os personagens do folclore brasileiro. Narração de Alexandre Frota, com as participações de Angra, Dr Sin, João Gordo e mais.
Genre: Metal/Punk: Heavy Metal
Release Date: 

We'll ship when it's back in stock

Order now and we'll ship when it's back in stock, or enter your email below to be notified when it's back in stock.
Sign up for the CD Baby Newsletter
Your email address will not be sold for any reason.
Continue Shopping
available for download only
Share to Google +1

To listen to tracks you will need to update your browser to a recent version.

  Song Share Time Download
1. Introdução
Share this song!
X
0:16 $0.99
2. Metaleiro
Share this song!
X
5:09 $0.99
3. Uma Grande Tragédia
Share this song!
X
0:16 $0.99
4. Metal Zumbi
Share this song!
X
5:26 $0.99
5. Tadinho Dele
Share this song!
X
0:26 $0.99
6. Curupira
Share this song!
X
4:28 $0.99
7. Boto
Share this song!
X
4:49 $0.99
8. Boitatá
Share this song!
X
3:27 $0.99
9. Mula-Sem-Cabeça
Share this song!
X
5:22 $0.99
10. Cuca
Share this song!
X
3:14 $0.99
11. Saci
Share this song!
X
3:56 $0.99
12. O Pimpolho do Folclore
Share this song!
X
0:28 $0.99
13. Saquito
Share this song!
X
3:31 $0.99
14. Missão Cumprida
Share this song!
X
0:27 $0.99
15. Qual É o Negócio
Share this song!
X
3:27 $0.99
16. Mestre do Santuário
Share this song!
X
1:28 $0.99
Available as MP3, MP3 320, and FLAC files.

ABOUT THIS ALBUM


Album Notes
Introdução: Alexandre Frota é o mestre de cerimônia do
disco. E ele começa convidando de maneira simpática a todos a tomar um
guaraná grandão gelado e aproveitar o disco!
Todo disco de metal que se preze precisa de uma introdução. Então
pensei numa coisa mais pitoresca!

· Metaleiro: Essa música nasceu depois que eu vi o produtor e
integrantes de uma banda de rock muito conhecida dos Estados Unidos
terem tratado muito mal os fans que pagaram uma grana preta para
vê-los no “Meet n Greet” em um festival em São Paulo em 2013. Isso me
fez rever os conceitos de usar o inglês no disco.
Se metal nos Estados Unidos e na Europa está capenga, o mínimo que
esses caras teriam que ter tido era gratidão por tocar em um país que
as pessoas amam o metal. Por isso quis levantar a bandeira de termos
orgulho de nossa pátria e de nossa língua. “Se quem nasce no Brasil é
brasileiro, quem cresce no metal é metaleiro!”. Essa música conta com
o solo de Rafael Bittencourt e os baixos de Felipe Andreoli, ambos do
Angra.

· Uma grande tragédia: Alexandre Frota volta para expor que
Detonator quer transformar o Brasil na nova terra do Metal. Pois em
Metal Land aconteceu uma grande tragédia

· Metal Zumbi: Os zumbis invadiram a terra do metal e comeram
todo mundo (literalmente). Detonator é o único sobrevivente desta
carnificina e a música tem esse clima sinistro em sua narrativa. Tanto
musical como liricamente J

· Tadinho dele: Nosso mestre de cerimônias volta para consolar
Detonator, dizendo que ele não está sozinho e o apresenta aos
personagens do folclore brasileiro, que vão ajudar o filhinho do Deus
Metal a transformar o Brasil na nova terra do Heavy Metal

· Curupira: Esta música é rápida e tem um ritmo interessante,
contando as características do defensor das matas brasileiras. E conta
também com os solos de Edu Ardanuy (Dr. Sin) e Michel Leme – um dos
maiores guitarristas de jazz do Brasil e célebre entre os músicos do
nosso país – que poucos sabem ser um amante incondicional do metal!

· Boto: Ele é o dos personagem do folclore brasileiro mais
sapeca e cara-de-pau, mas não por culpa dele. Nas regiões mais
carentes, as famílias tinham por hábito culpar o boto de engravidar as
meninas que não tinham um namorado fixo. Os familiares faziam isso
para “passar um pano” na reputação das meninas. Destaque para os solos
inspirados de Isa Nielsen e Paulitchas Carregosa.

· Boitatá: Música rápida e porrada, assim como o próprio
boitatá, o personagem mais heavy metal do folclore brasileiro.
Se o curupira é o defensor da floresta, o boitatá é o vingador: uma
cobra flamejante que arranca os olhos e ateia fogo em todos aqueles
que desmatam as matas. Isso é muito metal!!!!

· Mula-sem-Cabeça: Todo disco de metal que se preza tem que
ter uma balada. E Metal Folclore não foge à regra. Mula sem cabeça
conta a história dessa maldição que cai sobre todas as mulheres que se
engraçam com os padres. Quem dá para os párocos ou se casam com eles
se transformam em mulas que soltam foco pela cabeça e pelo rabo todas
as noites de quinta pra sexta de lua cheia.
esta música conta com a participação da cantora Anna Paula Marchesini,
minha parceira de microfone no Soundtrackers.

· Cuca: a cuca sempre foi vista como vilã e assustadora de
crianças no folclore brasileiro. No disco ela continua sendo a mesma.
Mas o que ninguém sabia é que ela adora metal! E como ela é a
cozinheira pessoal do Detonator, ela tem como meta ajudar os
metaleiros brasileiros, cozinhando comidas gostosas para eles com seu
caldeirão mágico. Pois eles se alimentam muito mal.

· Saci: Musica totalmente ufanista, valorizando a data em
comemoração do dia do saci. O 31 de outubro
O governo brasileiro, preocupado com a americanização do Halloween,
institucionalizou a mesma data como o dia do saci. Por isso Detonator
veio para ajudar a disseminar este personagem fanfarrão e chutar pra
fora de nosso país essa babaquice de “gostosuras ou travessuras”. Esta
música conta com a participação de João Gordo (RDP) nos vocais e
ricardo confessori (Ex angra) na bateria

· O Pimpolho do Folclore: Alexandre Frota conta para os
ouvintes a história de um personagem que apareceu em Minas Gerais em
2013 para auxiliar as pessoas a se conscientizarem contra o câncer de
próstata. Ele era sorridente e simpático, mas tinha um pequeno
problema: o personagem era um saco escrotal gigante!!!! Vi um
potencial grande nesse garoto e fiz uma música pra ele – o saquito

· Saquito: Essa é provavelmente a música mais fofa de Heavy
Metal da história!!! Digo isso porque fiz essa música primeiramente
para uma campanha do GRAAC (instituição que combate o câncer infantil)
no final de 2012, por isso ela tem essa pegada mais infantil (colocar
o link), e mudei a letra para fazer a música do saquito. Achei que a
idéia encaixaria na música e ficou bem legal! Novamente Edu Ardanuy e
Michel Leme aparecem nos solos para dar aquela força!

· Missão Cumprida: Detonator e Alexandre Frota batem um papo
descontraído sobre a missão de ter transformado o Brasil na nova terra
do metal. Até que pinta a pergunta: afinal de contas, qual é o
negócio?

· Qual é o Negócio?: música inspirada no bordão criado por
Alexandre Frota em um de seus filmes pornôs e que se tor> Alexandre Frota em um de seus filmes pornôs e que se tornou “MEME” na
internet! Mas aqui o negócio não é comer... bem vc sabe... aqui o
negócio é Heavy Metal!
Esse riff é bem legal e gruda gostosamente na cabeça.

Mestre do Santuário: o disco termina com o grande dublador Gilberto
Baroli, interpretando o Mestre do Santuário do grande clássico anime
“Cavaleiros do Zodíaco”. Neste final, o Mestre trava uma batalha
inusitada com Detonator, sugerindo que no próximo disco, Detonator se
torne um cavaleiro do Heavy


Reviews


to write a review